Política

publicidade
24 de maio de 2013 • 19h28 • atualizado às 19h41

Em dia de presidente, Renan é chamado de 'filho de meretriz' na Wikipédia

Página alusiva ao presidente da República em exercício é alvo de ação de vândalos, com ofensa a sua mãe

Biografia foi alterada na manhã desta sexta-feira, com a inclusão de ofensa à mãe de Renan
Foto: Wikipédia / Reprodução
 

No mesmo dia em que Renan Calheiros (PMDB-AL) assumiu como presidente da República em exercício, o verbete alusivo ao senador na Wikipédia foi alvo da ação de vândalos. No campo referente a sua biografia, Renan é apresentado como "filho de Olavo Calheiros Novais e de uma meretriz".

Segundo histórico disponível na Wikipédia, a alteração na página foi feita às 11h32 desta sexta-feira. Na versão anterior, atualizada à 0h06 do dia 22 de maio, constava na frase o nome da mãe de Renan, Ivanilda Vasconcelos. Até as 19h40, o xingamento permanecia no verbete. O Terra tentou entrar em contato com a assessoria do senador, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta notícia.

Terceiro na linha sucessória presidencial, Calheiros chegou ao Palácio do Planalto por volta das 16h desta sexta-feira. Ele ocupa o posto porque a presidente Dilma Rousseff participa de cúpula da União Africana, na Etiópia, o vice Michel Temer foi participar da posse de Rafael Correa como presidente do Equador e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), também está no exterior.

Como presidente da República, Renan recebeu, em uma mesma sessão, a visita dos senadores José Sarney (PMDB-AP), Zezé Perrella (PDT-MG), Paulo Paim (PT-RS) e Gim Argelo (PTB-DF), além do ex-senador Wilson Santiago (PMDB-PB). Renan não chegará a esquentar a cadeira presidencial por muito tempo, uma vez que Michel Temer retorna ao País na madrugada desse sábado.

A última vez que Renan Calheiros foi presidente da República em exercício foi ainda na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva. Ele foi presidente do Senado à época até cair por denúncias de corrupção.

A última atividade de Renan no Palácio do Planalto foi uma visita ao comitê de imprensa (local que reúne os jornalistas que cobrem a Presidência da República). Ao ser indagado por um jornalista se não havia editado nenhuma medida provisória (instrumento atribuído ao chefe do Executivo, alvo de críticas dos parlamentares), ele respondeu em tom bem humorado: “Nada de MP, nada de vetos, nada de nomeação de ministros”. A estada do presidente em exercício no gabinete presidencial foi de duas horas.

Renan Calheiros é cumprimentado por jornalista ao assumir a Presidência da República
Foto: José Cruz / Agência Brasil
Terra