0

Votação pelo sistema biométrico deve ser ampliada em 2014

6 nov 2012
13h41
atualizado às 14h13

A votação pelo sistema biométrico, que é o reconhecimento do leitor por sua digital, deve ser ampliada nas eleições de 2014. A informação foi confirmada nesta terça-feira pela presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia. Ainda não há decisão sobre quantas cidades deverão entrar no sistema.

Ministra Cármen Lúcia, presidente do TSE, durante coletiva nesta terça-feira
Ministra Cármen Lúcia, presidente do TSE, durante coletiva nesta terça-feira
Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

Veja o cenário eleitoral no País
Veja quais prefeitos enfrentarão maioria oposicionista na Câmara
Veja os salários dos prefeitos e vereadores das capitais

A ministra participou, nessa manhã, de reunião com 23 presidentes de tribunais eleitorais regionais para discutir os números das eleições deste ano e programar melhorias para daqui a dois anos. De acordo com Cármen Lúcia, os presidentes terão prazo de 15 dias para informar as cidades onde a biometria poderá ser implantada futuramente.

Neste ano, o sistema de reconhecimento digital foi aplicado em 298 municípios de 24 Estados, com a participação de 7,8 milhões de eleitores. Os índices de reconhecimento das impressões digitais alcançaram 94,18% no primeiro turno e 96,53% no segundo turno.

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade