PUBLICIDADE

Suplicy tenta entregar flor a Dilma e é barrado por seguranças

1 nov 2010 16h06
| atualizado em 2/11/2010 às 11h31
Publicidade
Luciana Cobucci
Direto de Brasília

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) apareceu de surpresa por volta das 15h30 desta segunda-feira (1) em frente à residênciade Dilma Rousseff, em Brasília, para entregar um vaso de orquídea à nova presidente da República. Ele tentou entrar na casa da petista, mas o acesso foi barrado por seguranças - o senador não avisou sobre a visita e a flor foi entregue a um dos funcionários, que repassaria o presente a Dilma.

Suplicy não viu Dilma porque "ela estava descansando":

Recepcionado e tietado por um grupo de jovens, Suplicy falou brevemente com jornalistas e desejou sorte à nova presidente. O petista, que permaneceu no local por cerca de 10 minutos, afirmou que fará o que for possível no Senado para ajudar a sucessora de Lula a fazer um bom governo. Dilma Rousseff segue reunida em sua residência com a coordenação de sua campanha. A presidente eleita já traça os passos iniciais da transição para o novo governo.

Fonte: Terra
Publicidade