3 eventos ao vivo

SP: TRE tira mandato de prefeito de Tietê por infidelidade partidária

25 set 2012
18h39
atualizado às 21h56

O prefeito de Tietê, José Carlos Melaré (PT), foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), em votação unânime, a perda do mandato eletivo por infidelidade partidária. Eleito em Tietê, cidade a 121 km da capital, em 2008, Melaré integrava o PTB durante a última disputa que o elegeu, mas migrou para o PT após ganhar a eleição.

Conheça os candidatos a vereador e prefeito de todo o País
Acompanhe as pesquisas eleitorais
Veja o cenário eleitoral nas capitais
Confira quanto ganham os prefeitos e vereadores nas capitais brasileiras

A resolução do TSE afirma existir a quatro hipóteses para a mudança de partido: fusão ou incorporação de legendas, criação de novo partido e mudança no programa partidário ou grave discriminação pessoal ou partidária. De acordo com a decisão do colegiado da corte, o prefeito não conseguiu comprovar a "grave discriminação" que sofria para justificar a mudança de legenda.

Melaré, que não concorre à reeleição, foi procurado pelo Terra, mas não retornou com a sua posição.

Fonte: Terra
publicidade