2 eventos ao vivo

SP: Haddad anuncia cinco primeiros secretários de governo

12 nov 2012
16h54
atualizado às 17h29
Renan Truffi
Direto de São Paulo

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou na tarde desta segunda-feira o nome de seus cinco primeiros secretários de governo. A apresentação dos escolhidos aconteceu na sede do governo de transição, localizado no prédio da Caixa Economia Federal, no centro da capital paulista.

Veja o cenário eleitoral no País
Veja quais prefeitos enfrentarão maioria oposicionista na Câmara

Como já era esperado, o vereador e coordenador de campanha do petista, Antonio Donato, será o secretário de governo. Além dele, Haddad anunciou a escolha da professora Leda Paulani (secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão), do advogado Luís Fernando Massonetto (secretário de Negócios Jurídicos), do consultor Marcos de Barros Cruz (secretário de Finanças) e do arquiteto Fernando de Mello Franco (secretário de Desenvolvimento Urbano).

De acordo com Haddad, estes cargos foram os primeiros a serem preenchidos por causa da "importância estratégica". "(Escolhi primeiro) para que eles possam se atualizar, são áreas estratégicas pelo fato que repercute no governo todo e para permitir período mais longo de adaptação. São cerca de 45 dias até a posse e eles podem dar segmentos as ações em curso e promover recursos necessários", afirmou.

O prefeito eleito não quis adiantar outros possíveis secretários de seu mandato, mas disse que pretende fechar "conjunto expressivo de nomes" até o dia 30 de novembro. "Seremos muito criteriosos. Pretendo (anunciar) até novembro, se não com a totalidade, um conjunto expressivo de nomes. (Quero) chegar em 30 de novembro bem adiantado para que (secretários) tenham tempo seguro de sem que haja qualquer risco de descontinuidade", explicou.

Perfis
Quatro dos cinco secretários escolhidos por Haddad estiveram presentes no anúncio, mas nenhum conversou com a imprensa. O único nome anunciado que não esteva na coletiva de imprensa foi Marcos de Barros Cruz, que está "deixando uma consultoria", como explicou o prefeito eleito.

Isso porque Cruz é sócio de uma empresa de consultoria chamada Mckinsey & Company, onde está desde 1999. Ele também foi responsável pela implementação de iniciativas de aprimoramento de gestão na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, no governo do Estado de Minas Gerais e na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

Já Leda Paulani é professora titular do Departamento de Economia da Universidade de São Paulo (USP). Ela já foi assessora da Secretaria de Finanças de São Paulo entre 2001 e 2003, mesmo época em que a prefeita de São Paulo era a petista Marta Suplicy.

O titular da pasta de Negócios Jurídicos, Luís Fernando Massonetto, é advogado e doutor em Direto Econômico pela USP. O novo secretário já trabalhou com Haddad no Ministério da Educação (MEC). Ele foi chefe de gabinete de Haddad entre 2006 e 2008. Assim como Paulani, Massonetto também trabalhou no governo Marta. Na época, ele também atuou na Secretaria de Negócios, além de ter sido chefe da assessoria técnica da Secretaria de Finanças.

O cargo de secretário de Desenvolvimento Urbano ficou com Fernando de Mello Franco, arquiteto e doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Ele é ex-professor da USP de São Carlos e foi professor visitante da Universidade de Harvard em 2009.

Donato, por sua vez, é o atual presidente do Diretório Municipal do PT de São Paulo. Na gestão da Marta, ele foi secretario de Transportes e assessor especial do Gabinete da ex-prefeita. Também foi secretário das Subprefeituras em 2003, ano da criação da pasta.

Haddad anunciou os 5 primeiros secretários municipais nesta segunda-feira
Haddad anunciou os 5 primeiros secretários municipais nesta segunda-feira
Foto: Edson Lopes Jr / Terra
Fonte: Terra
publicidade