Eleições

publicidade
01 de junho de 2012 • 15h25 • atualizado às 16h03

Segundo TSE, 89% dos eleitores fizeram recadastramento biométrico

 

Segundo levantamento realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 89,8% dos cerca de 7 milhões de eleitores, de 235 cidades do Brasil, que deveriam fazer o recadastramento biométrico do título de eleitor entre 2011 e 2012 estão em conformidade com a Justiça Eleitoral e poderão votar nas eleições municipais de outubro.

Dos 7 milhões de eleitores que deveriam fazer o recadastro nesse período, seis milhões cumpriram com a obrigação. Já os 717 mil que não renovaram seus documentos ficarão inaptos a votar, terão de pagar multa de três reais, que pode ser dobrada no caso de segundo turno no município em que a pessoa tem seu título, e também não poderão tirar passaporte nem assumir cargo público enquanto estiverem em dívida com a Justiça Eleitoral.

Segundo a assessoria de imprensa do TSE, não havia uma meta estabelecida em relação ao número de cidadãos recadastrados, já que o Tribunal parte do pressuposto da obrigatoriedade do documento - mas o número alcançado pode ser considerado totalmente satisfatório, já que nem todas as pessoas que não fizeram seu recadastro deixarão de votar.

"Parte desse grupo faleceu, ou ultrapassou os 65 anos - idade máxima da obrigatoriedade do voto - ou mudou de domicílio eleitoral, o que desobriga o cidadão a se recadastrar, dependendo da cidade para a qual se mudou", afirmou a assessoria do TSE.

Dados
Segundo os dados do TSE, os melhores resultados alcançados nessa nova fase do projeto são dos estados de São Paulo,com 95,95% de recadastrados nas duas cidades que aderiram ao projeto, e Mato Grosso do Sul, com 98,76% de recadastrados em cinco cidades.

"Fizemos campanhas com carros de som, anúncios pelo rádio e a mídia local, além de trabalhamos em conjunto com as prefeituras dos municípios em que havia o trabalho de recadastramento, o que foi fundamental para que a notícia chegasse à população e conscientizasse a população", afirmou a secretária de Tecnologia da Informação do TRE de Mato Grosso do Sul, Fabiana Ramalho.

Já os níveis mais baixos de recadastrados se deram no Espírito Santo e Maranhão, com 83,23% e 76,30%, respectivamente. Em ambos os estados, apenas um município, com menos de 10 mil eleitores, participaram do recadastramento.

Segundo a assessoria de imprensa do TRE do Espírito Santo, o baixo número de recadastrados na cidade de Dores do Rio Preto ocorre por conta da situação irregular que diversos eleitores estavam antes da revisão de cadastro no município.

Com 1.752.844 de eleitores aptos a votar, Alagoas será o Estado com maior número de eleitores votando através do reconhecimento eletrônico de suas digitais. Em segundo lugar está Sergipe, com 1.323.564 de eleitores e Paraná, com 1.172.041.

Segundo o TSE, os dados ainda podem sofrer alterações.

Recadastramento Biométrico
A identificação biométrica consiste na coleta e digitalização de dados biométricos, no caso as impressões digitais das mãos, através de sensores digitais. Com os sistema, apenas após ter certificadas as digitais do eleitor, o mesmo poderá ter acesso à urna eletrônica.

O recadastramento biométrico foi realizado pela primeira vez nas eleições municipais de 2008, em três cidades: Colorado do Oeste-RO, Fátima do Sul-MS e São João Batista-SC. Na ocasião, foram recadastrados 11.734 eleitores em Colorado do Oeste, 13.185 em Fátima do Sul e 15.809 em São João Batista.

Nas eleições presidenciais de 2010, a Justiça Eleitoral decidiu continuar o projeto de identificação biométrica do eleitor, e realizou o processo de recadastramento em 57 municípios, totalizando 1.136.140 eleitores de 60 municípios em 23 Estados aptos a votar nas eleições de 2010 com a nova tecnologia.

Agora em 2012, após duas experiências com a tecnologia, a Justiça Eleitoral decidiu ampliar o projeto para mais 235 municípios. Entre 2011 e 2012, foram convocados aproximadamente sete milhões de eleitores, de diversos Estados.

Nos estados de Alagoas e Sergipe, todos os municípios fizeram parte do processo de recadastramento. Também participaram dessa nova fase do processo as capitais Curitiba (PR), Porto Velho (RO) e Goiânia (GO).Segundo o TSE, até o dia 17 de maio, 7.579.994 eleitores de 295 municípios de 24 Estados do país estão aptos a votar nas Eleições de outubro deste ano. A expectativa do TSE é que o sistema de identificação biométrica esteja em funcionamento em todo o Brasil até 2018.

Terra Terra