9 eventos ao vivo

RJ: Freixo comemora pesquisa Datafolha e fala em Paralimpíadas

27 set 2012
20h52
atualizado às 20h55
Paula Bianchi
Direto do Rio de Janeiro

Segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para a prefeitura do Rio de Janeiro, o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) comemorou o resultado da pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira. O novo levantamento o coloca com 19% dos votos, um ponto percentual a mais que na pesquisa anterior, mas ainda distante do atual prefeito Eduardo Paes (PMDB), que aparece com 55%.

Com vice Marcelo Yuka, músico que ficou paraplégico após ser assaltado, fizeram campanha na Tijuca
Com vice Marcelo Yuka, músico que ficou paraplégico após ser assaltado, fizeram campanha na Tijuca
Foto: Adriana Lorete / Divulgação

Conheça os candidatos a vereador e prefeito de todo o País
Acompanhe as pesquisas eleitorais
Veja o cenário eleitoral nas capitais
Confira quanto ganham os prefeitos e vereadores nas capitais brasileiras

Para o candidato do Psol, a pesquisa reflete o crescimento de sua campanha. "Os novos dados do Datafolha mostram que a nossa campanha só cresce, sem qualquer registro de oscilação para baixo, ao contrário das demais. Que continue assim e cada vez mais", comentou. "O que percebemos nas ruas é que a receptividade às nossas propostas também só aumenta", disse.

Mais cedo, Freixo participou de uma caminhada ao lado de seu candidato a vice, Marcelo Yuka, pelas ruas da Tijuca, na zona norte do Rio. O músico, que ficou paraplégico em 2010 após ser baleado em um assalto, aproveitou para criticar as dificuldades que os deficientes enfrentam no município, que sediará os Jogos Paralímpicos em 2016.

"A cidade precisa ser adaptada para a lógica da inclusão. Queremos criar um Conselho Municipal do Direito da Pessoa com Deficiência, para que as políticas públicas possam ser feitas a partir da escuta desses setores", afirmou Freixo. Para Yuka, o projeto de cidade atual não convida os portadores de deficiência a terem uma vida pública.

Freixo aproveitou para divulgar sua atividade final de campanha: um abraço ao Maracanã. "Cada um pode por a camisa do seu time. Esse gesto é para dizer que a gente quer Olimpíada, Copa do Mundo, mas quer transparência com recurso público e respeito com a cidade", disse.

O resultado do Datafolha coloca Paes como virtual vencedor no primeiro turno, já que o peemedebista ficaria com 65% dos votos válidos. Rodrigo Maia (DEM) ficou com 4%, Otávio Leite (PSDB) com 3% e Aspásia Camargo (PV) com 2%. Cyro Garcia (PSTU) e Fernando Siqueira (PPL) têm 1% das intenções de voto cada. A pesquisa, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, foi realizada entre os dias 25 e 26 de setembro. Foram entrevistadas 1.461 pessoas no Rio de Janeiro. A margem de erro é de três pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), sob o número RJ-00126/2012.

Fonte: Terra
publicidade