2 eventos ao vivo

PT-SP deve fechar com PSB e levar França de volta ao Congresso

PT-SP deve fechar com PSB e levar França de volta ao Congresso

26 mai 2012
20h40
atualizado às 20h56
Thiago Tufano
Direto de São Paulo

Em meio à discussão envolvendo a provável aliança entre PT e PSB em São Paulo para as eleições municipais de outubro, um dos opositores da coligação, o presidente estadual do PSB Márcio França, deve ceder. Durante reunião com o pré-candidato petista Fernando Haddad em uma churrascaria neste sábado, líderes do partido disseram que o deputado licenciado, que hoje é secretário no governo de Geraldo Alckmin (PSDB), deve voltar ao Congresso e liderar o bloco de seu partido.

Segundo as lideranças, o provável acordo para o apoio a Haddad já foi tratado, inclusive, em uma reunião com a presença de Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. A resolução sobre impasse deve ter fim no dia 10 de junho, quando os diretórios do PSB irão se reunir para enfim bater o martelo sobre a cidade de São Paulo e todo o Brasil.

"Há quem queira continuidade na atual administração. Tem gente que acha que essa administração tem que ter uma terceira chance", provocou Haddad durante o encontro. Um dos membros da liderança do PSB admitiu que "os ânimos estão acirrados" por conta da indecisão, já que parte do partido apoia o petista, e o restante gostaria de uma permanência do PSDB no comando da capital paulista.

Para enfim fechar a coligação, o PSB pede também o apoio do PT em duas outras cidades: Taboão da Serra e Ferraz de Vasconcelos. Porém, os petistas estão reticentes quanto a isso. "Iremos pedir para os diretórios nacional, estadual e municipal ajuda nessa negociação", afirmou um dos membros do PSB.

Por conta do impasse, a decisão será tomada pelos diretórios nacionais de ambos os partidos. A convenção do PT está marcada para o dia 30 de junho, último dia permitido pela Justiça Eleitoral para oficializar as candidaturas. Até lá, os petistas seguem em busca de alianças para tentar fazer com que Fernando Haddad cresça nas pesquisas.

Haddad participou de encontro com lideranças do PSB em São Paulo
Haddad participou de encontro com lideranças do PSB em São Paulo
Foto: Cesar Ogata / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade