PSD confirma apoio ao PT em BH apesar de deputados rebeldes

5 jul 2012
15h48 atualizado às 17h04
15h48 atualizado às 17h04
Publicidade

O PSD de Belo Horizonte disse que segue a decisão da executiva nacional em coligar com o candidato do PT, Patrus Ananias, apesar da declaração de apoio a Marcio Lacerda (PSB) feita por dois deputados de seu partido no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). A informação foi confirmada pela assessoria da presidência do PSD na capital mineira, que irá às 18h30 ao TRE para entrar com pedido de anulação da ata de convenção apresentada pelos deputados.

Líderes nacionais do PSD, inclusive o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, fizeram reunião na noite de quarta-feira para decidir sua posição em Belo Horizonte, e um anúncio oficial de apoio será feito ainda nesta quinta, último dia para que os partidos registrem candidatos na Justiça Eleitoral.

A cena política na capital mudou após o rompimento da aliança entre PT e PSB, que deu início a novas negociações. As conversas entre PSD e PT teriam envolvido a presidente Dilma Rousseff, que tenta segurar a força de Aécio Neves (PSDB) em sua terra natal antes das eleições gerais em 2014, uma vez que Lacerda tem apoio dos tucanos.

Kassab articulou junto com Dilma o apoio ao PT na capital mineira
Kassab articulou junto com Dilma o apoio ao PT na capital mineira
Foto: Mauro Horita / Terra
Fonte: Terra
Publicidade