0

PSB deve se aliar a PT e indicar Erundina como vice de Haddad

7 jun 2012
12h48
atualizado às 12h53

O vereador Eliseu Gabriel, presidente municipal do PSB, afirmou que a maior tendência do partido para as eleições municipais em São Paulo é se coligar com o pré-candidato do PT, Fernando Haddad, e indicar um vice para a chapa. "Estamos pensando, vamos fazer consulta se temos condições de fazer candidatura própria ou coligar. A tendência maior é coligar com o Haddad e apresentar nome para vice, mas nada está decidido", afirmou, em entrevista ao portal Terra.

O nome mais provável para o PSB indicar como vice é o da ex-prefeita Luiza Erundina, especialmente agora que Cesar Callegari não pediu afastamento da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação. Com isso, Callegari descartou a possibilidade de candidatar a vice. "A Erundina seria um dos nomes, que é forte, mas ela precisa ser consultada, saber das condições da campanha. Depende muito dela, que tem que ser ouvida, já que nós não podemos impor", afirmou Eliseu.

As negociações com o PT foram iniciadas, explica o vereador, mas o partido ainda avalia qual seria a melhor situação. Sobre as sondagens do PSDB, que deseja que o PSB apoie a pré-candidatura de José Serra, o presidente municipal do PSB não descartou por completo a possibilidade, mas deixou claro que esta não é a primeira opção do partido. "Como a eleição de São Paulo é emblemática e tem significado para o País inteiro, estão envolvidas as três instâncias: nacional direcional e municipal. Tudo é conversando nas três, então não dá para se dizer 'não, acabou'", disse.

Fonte: Terra
publicidade