0

PR: Justiça proíbe Ducci de usar imagem de Dilma em campanha

13 set 2012
13h59
atualizado às 14h07
Roger Pereira
Direto de Curitiba

A Justiça Eleitoral proibiu a campanha do prefeito de Curitiba e candidato à reeleição, Luciano Ducci (PSB), de usar imagens da presidente Dilma Roussef em sua propaganda política. O juiz eleitoral Marcos Roberto Araújo dos Santos fixou multa de R$ 10 mil para cada exibição de imagens da presidente na propaganda de Ducci.

Veja o cenário eleitoral nas capitais
Veja os salários dos prefeitos e vereadores das capitais
Conheça os candidatos a vereador e prefeito de todo o País

Em sua decisão, o magistrado confirma que o candidato à reeleição pretende manipular o eleitor e fazê-lo acreditar que tem o apoio da presidente. (...) "Determino aos requeridos que se abstenham de veicular a propaganda impugnada, que no programa de bloco, quer na modalidade de inserções, bem como utilizar novamente a imagem da Presidente Dilma de forma a induzir o eleitor que detém seu apoio, sob pena de multa de R$ 10 mil por veiculação".

A decisão tem como base ação proposta pela Coligação do candidato a prefeito Gustavo Fruet, que de fato tem o apoio do PT e da presidente Dilma Roussef (PT).

Procurada, a assessoria de Ducci preferiu não comentar o assunto.

O atual prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, concorre à reeleição pelo PSB
O atual prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, concorre à reeleição pelo PSB
Foto: Divulgação
Fonte: Especial para Terra
publicidade