2 eventos ao vivo

PR: juízes decidem que Ratinho não fez propaganda ilegal para filho

14 ago 2012
12h02
atualizado às 17h34

Os juízes do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) decidiram nesta terça-feira reformar a sentença da juíza que havia condenado o apresentador Ratinho a pagar uma multa de R$ 20 mil por propaganda eleitoral irregular em favor de seu filho Ratinho Junior, candidato a prefeito de Curitiba.

Veja o cenário eleitoral nas capitais
Veja os salários de prefeitos e vereadores nas capitais
Entenda como funciona a Justiça Eleitoral

Para os juízes, o apresentador apenas manifestou sua opinião sobre o filho, que na época era pré-candidato, e não teria feito propaganda fora de hora.

A denúncia havia sido protocolada pelo Ministério Público Eleitoral com base em entrevista concedida pelo apresentador em maio deste ano, quando declarou o voto no filho e "previu" a vitória do candidato do PSC na eleição. A entrevista foi exibida pela Rede Massa de Televisão, de propriedade do apresentador.

Ratinho Jr é candidato em Curitiba
Ratinho Jr é candidato em Curitiba
Foto: Reprodução / Twitter
Fonte: Terra
publicidade