0

PR: após ação de Ducci, blogueiro é multado em R$ 106 mil

4 set 2012
15h57
atualizado às 18h58
  • separator

O Tribunal Regional Eleitoral do paraná (TRE-PR) multou o blogueiro Tarso Cabral Violin, proprietário do Blog do Tarso em R$ 53 mil por divulgação irregular de pesquisa eleitoral e, na mesma sessão, condenou novamente o blogueiro, na mesma quantia, por ter divulgado pesquisa eleitoral realizada pela empresa Vetor TI, sob o nome de "simulação das eleições."

Veja o cenário eleitoral nas capitais
Veja os salários dos prefeitos e vereadores das capitais

Somadas as multas, o blogueiro terá de pagar R$ 106 mil. A condenação é decorrente de uma ação da coligação do prefeito e candidato à reeleição Luciano Ducci.

Segundo o relator do processo, o juiz Jean Carlo Leeck, Tarso divulgou em sua página o resultado de uma enquete sobre pretensão de votos e não deixou claro que a publicação não era uma pesquisa eleitoral registrada e de acordo com a legislação eleitoral, e sim "mero levantamento de opiniões, sem controle de amostra, o qual não utiliza método científico para a sua realização."

Procurado, Tarso afirmou ao Terra que as publicações consideradas irregulares são enquetes feitas por ele e por um outro blog. Segundo o blogueiro, nos posts não havia nenhuma menção aos levantamentos como pesquisa e estava claro que a previsão foi feita com base nos leitores do site.

Tarso disse ainda que Ducci tenta fazer uma censura econômica contra seu site, que, segundo ele, traz críticas à atual gestão. "Essa multa inviabiliza o trabalho", lamentou o blogueiro.

O blogueiro considerou "desproporcional" a multa de R$ 106 mil, e afirmou que entarará com um recurso contra a decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar suspender o pagamento da multa.

Veja também:

Ministro da Saúde alerta para aumento de casos da covid-19 no interior do Brasil
Fonte: Terra
publicidade