0

PR: Aécio Neves vai a Curitiba dar apoio ao candidato do PSB

21 ago 2012
08h10
atualizado às 08h15

Roger Pereira
Direto de Curitiba

Com 1,2 mil convites vendidos a R$ 1 mil cada, e a presença de seus principais aliados locais e nacionais, o prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB) fez um grandioso jantar de apoio a sua candidatura a reeleição na noite da última segunda-feira, no Clube Curitibano. Participaram do encontro, além de seu padrinho político, o governador Beto Richa (PSDB), o presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire e o senador Aécio Neves (PSDB).

Veja o cenário eleitoral nas capitais
Veja os salários de prefeitos e vereadores nas capitais
Entenda como funciona a Justiça Eleitoral

Aécio Neves comentou que esta era a primeira viagem política que fazia fora de Minas Gerais, e defendeu a "continuidade do trabalho. "Nossa coerência não coloca o interesse do partido em primeiro plano, coloca o interesse da cidade. Por isso apoiamos candidatos do PSB, porque enxergamos neles os candidatos com maiores condições, maior capacidade para fazer a cidade avançar. É um grupo político sólido, preparado, que trata a gestão pública com responsabilidade e com ousadia", afirmou.

Aécio também lembrou que, mesmo na base do governo Dilma, o PSB é aliado estratégico do PSDB em alguns estados, como Paraná e Minas Gerais."Tenho uma afinidade natural com o PSB há muitos anos, desde o meu primeiro mandato como governador de Minas Gerais, em 2003, o PSB esteve ao meu lado", lembrou.

Curitiba é uma das capitais em que todos os partidos de oposição ao governo Dilma Rousseff (PT) apoiam um candidato do PSB, partido da base do governo federal. Todos falaram sobre a necessidade de se dar continuidade no modo de governar na cidade e fortalecer o grupo político que faz oposição ao governo da Dilma (PT). "A cidade não poder parar. Não podemos trocar os avanços de hoje por períodos de estagnação. Tem muita coisa para ser feita ainda, e será com propostas concretas, não com varinhas mágicas, daqueles que dizem que tudo na cidade está ruim, que nada presta, e apresentam soluções milagrosas", discursou Ducci.

"Quem conhece Curitiba sabe da grande administração que aqui existe.Curitiba faz parte do que de melhor pode se pensar em termos de qualidade de vida, e não tenho dúvida que tanto Beto Richa quanto o Luciano Ducci têm contribuições fundamentais para isso. Todos nós brasileiros nos orgulhamos de existir em nosso país uma cidade como Curitiba. Espero que os curitibanos mantenham essa administração na prefeitura", disse Freire, sem poupar elogios.

Freire admitiu que sonha contar com o PSB na oposição nas eleições de 2014 e tirá-lo da base. "Se eu pudesse fazer isso, eu tiraria, mas é evidente que não tem nada disso ainda. Lógico que está havendo um distanciamento do PSB com o PT. Mas será só para essa eleição? Pode ser. Pode ser que depois, dependendo dos resultados, podem recompor", disse. "Nós temos um projeto, o país precisa se desaparelhar. Vamos precisa de um uma outra dimensão de governo. Se o PSB puder se integrar nesse projeto, será muito bem vindo", declarou.

Aécio lembrou que, mesmo na base do governo Dilma, o PSB é aliado estratégico do PSDB em alguns estados
Aécio lembrou que, mesmo na base do governo Dilma, o PSB é aliado estratégico do PSDB em alguns estados
Foto: Rogerio Machado / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade