PUBLICIDADE

PB: ex-candidato é pego com material de Maranhão e R$ 10 mil

31 out 2010 14h59
| atualizado às 15h11
Publicidade
Beth Torres
Direto de João Pessoa

O ex-candidato a prefeito de Areial, Cícero Pedro de Almeida, foi pego no município com cerca de R$ 10 mil, valor que supostamente seria direcionado para a prática de compra de votos. Cícero também estava com santinhos do candidato a governador José Maranhão (PMDB). O material foi retido pela Polícia Federal, mas o ex-prefeito foi liberado após ser ouvido.

Após efetuar a apreensão do material e encaminhar Cícero para a delegacia, o Capitão da polícia que comandou a operação, identificado como Sousa Neto, foi transferido para trabalhar no município de Juazeirinho. A denúncia é do juiz da Comarca de Esperança, Jailson Suassuna.

"Nós temos feito um trabalho totalmente imparcial aqui no município e ontem (30) recebemos a denúncia de que esse ex-candidato, o senhor Cícero, estaria com dinheiro. Fomos até o município e verificamos que ele estava em Campina Grande, então resolvemos esperar. Quando ele chegou fomos até a casa dele onde encontramos a quantia de R$ 10.400 mil e santinhos do candidato José Maranhão", relatou o juiz.

O político alegou que esse dinheiro era da venda de um terreno o qual ele estava recebendo o pagamento em partes. Ele alegou que teria recebido R$ 1 mil referente a esse pagamento. "Mas o problema é que nós o encontramos com mais de R$ 10 mil", explicou o magistrado.

O juiz Jailson Suassuna disse que estranhou a transferência do Capitão e, por esse motivo, encaminhou denúncia ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Genésio Gomes, assim como a Corregedoria Eleitoral e as Procuradorias Geral de Justiça e da República.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade