0

Manuela a Robaina:'fica tranquilo, ideologia não contamina'

6 jul 2012
10h19
atualizado às 12h18
Maurício Tonetto
Demétrio Pereira
Direto de Porto Alegre

A candidata do PCdoB à prefeitura de Porto Alegre, deputada federal Manuela D'Ávila, afirmou nesta sexta-feira, no primeiro debate da campanha, que "ideologia não é doença", em resposta à acusação de pragmatismo político em sua busca pelo apoio do PP, da senadora Ana Amélia Lemos.

"Manuela, tu se dizes de esquerda, comunista, mas por meses ficaste buscando o PP para vice, sendo que o PP participou da ditadura militar e que administrou o Detran, que teve uma fraude de mais de R$ 40 milhões na gestão da governadora Yeda Crusius", sustentou Roberto Robaina (Psol).

Ao chamar para si um projeto que reconhece "bons exemplos" a serem aproveitados em prol da população, Manuela afastou qualquer pragmatismo ideológico. "Robaina, fica tranquilo, ideologia não é doença, não contamina. Em Canoas, temos um belo exemplo de administração, com 14 partidos apoiando o prefeito Jairo Jorge (PT)", disse a candidata.

Manuela também criticou a pauta moralizante do Psol. "Não sou paga para fazer discurso. O teu partido se acha o único imune. Quando tu não se achas imune, tu fiscalizas o dia inteiro. Eu sigo exemplos que dão certo. Não acredito, diferente de ti, que um único partido tenha a verdade absoluta sobre a realidade. Tenho muito orgulho de ter recebido o apoio da senadora Ana Amélia Lemos, que reconheceu o valor do nosso projeto", afirmou a deputada.

Robaina também voltou a pecha do pragmatismo contra José Fortunati (PDT). "Aconteceu uma fraude de R$ 10 milhões na saúde, então há corrupção. É algo que não tem sido combatido, e isso se expressa na tua aliança", sustentou o candidato do Psol, aludindo à ampla coalizão em torno do atual prefeito, composta por PDT, DEM, PMDB, PP, PTB, PPS, PMN, PRP e PTN. Fortunati respondeu que quer governar "sem exclusões, sem pragmatismo, sem retirar ninguém do processo".

Adão Villaverde (PT), Érico Correa (PSTU), Jocelin Azambuja (PSL), José Fortunati (PDT), Manuela D'Ávila (PCdoB), Roberto Robaina (PSOL) e Wambert Di Lorenzo (PSDB) participaram hoje do primeiro debate eleitoral, promovido pela Rádio Gaúcha e TVCOM, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

Manuela rebateu críticas de pragmatismo ideológico
Manuela rebateu críticas de pragmatismo ideológico
Foto: Mauricio Tonetto / Terra
Fonte: Terra
publicidade