PUBLICIDADE

Lula diz que eventual terceiro mandato seria temeridade

3 nov 2010 11h55
| atualizado às 17h36
Publicidade
Laryssa Borges
Direto de Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (3), após receber a presidente eleita, Dilma Rousseff, que um eventual terceiro mandato para ele, que poderia voltar a disputar as eleições de 2014, representaria uma "temeridade".

"Voltar em 2014 é uma grande bobagem", diz Lula:

Ele observou que, considerando as altas taxas de aprovação pessoal e de seu governo, na casa dos 80%, seu eventual retorno geraria muita expectativa e, a depender do desempenho de Dilma à frente do Palácio do Planalto, será ela a pessoa a ter direito de disputar uma reeleição.

"Isso (2014) é uma grande bobagem. Quando falo "rei morto, rei posto", é porque acho que quem vai sair do governo tem a responsabilidade de pensar (o País). (Ao) Chegar ao final do mandato com o reconhecimento popular que tem o governo, voltar é uma temeridade porque a expectativa gerada é infinitamente maior", disse.

"Entendo um pouco de política, de sentimento da sociedade, sei conversar com o povo e tudo que desejo na vida é que a Dilma faça as coisas, não precisa inventar nada. Se ela fizer tudo que sabe que tem que fazer, tem todo o direito (de disputar a reeleição). É muito pequeno (discutir 2014 agora)", comentou o presidente.

Fonte: Terra
Publicidade