6 eventos ao vivo

Jatene é eleito governador e tira Ana Júlia do poder no Pará

31 out 2010
20h23
atualizado em 1/11/2010 às 01h00
  • separator

O tucano Simão Jatene obteve 55,74% dos votos válidos e foi eleito neste domingo (31) governador do Estado do Pará no segundo turno das eleições. A petista Ana Júlia Carepa, que tentava a reeleição, ficou com 44,26%. Os votos nulos somam 2,86% e os brancos 1,41%.

Jatene esteve à frente do governo do Pará entre 2003 e 2006, indicado pelo governador da época, Almir Gabriel. Também foi secretário de Planejamento na administração do PMDB em 1986, secretário-geral do Ministério da Previdência e da Reforma Agrária. Na gestão do PSDB, foi secretário estadual de Planejamento e depois de Produção.

Durante a campanha no primeiro turno, Simão Jatene teve dificuldade em articular alianças com partidos que antes eram seus aliados e, nestas eleições, apoiaram a candidata petista. A coligação "Juntos com o Povo", encabeçada pelo PSDB no Pará, concorreu com o DEM, PPS e outros cinco pequenos partidos.

No segundo turno, o tucano teve a adesão do PMDB após o comprometimento de implementar as Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs) no Estado. Deputados do PV, PTB, PMN, PPS, DEM e lideranças de outros partidos menores também apoiaram Jatene.

Em um embate de números entre os mandatos anteriores de cada um dos candidatos no governo do Pará, Simão Jatene conseguiu liderar as principais pesquisas eleitorais durante toda a campanha eleitoral. Nos debates, as agressões verbais e o clima político tenso pelo questionamento das propostas de governo dos dois adversários foram constantes, mas não alteraram o panorama no Pará.

O governador eleito do Pará, Simão Jatene, votou em Belém do Pará neste domingo
O governador eleito do Pará, Simão Jatene, votou em Belém do Pará neste domingo
Foto: Mácio Ferreira / Futura Press

Veja também:

Após pressão, Ministério da Saúde anuncia compra da vacina da Pfizer e negociação com a Janssen
Fonte: Terra
publicidade