PUBLICIDADE

Esquerda francesa aplaude vitória de Dilma nas eleições

1 nov 2010 09h51
| atualizado às 10h32
Publicidade

A primeira secretária do Partido Socialista, Martine Aubry, assim como outros destacados membros do principal partido da esquerda francesa e do Partido Comunista Francês, felicitaram nesta segunda-feira (1) Dilma Rousseff por sua eleição à presidência brasileira.

"Companheira de Lula da Silva, encarna a esquerda que funciona, ao mesmo tempo responsável e moderna, uma esquerda de valores a serviço dos mais fracos", estimou Aubry em um comunicado no qual presta homenagem ao "Brasil de Lula".

A também prefeita de Lille (norte) destacou sua alegria pelo fato de que "um dos maiores países do mundo acabe de eleger pela primeira vez em sua história uma mulher presidente".

A ex-candidata socialista à presidência francesa e atual presidente da região de Poitou-Charentes (oeste), Ségolène Royal, celebrou, em um comunicado, "a bela vitória de Dilma Rousseff (...) uma mulher enérgica e de convicção", e se alegrou pelo fato de que "o povo brasileiro escolheu continuar aprofundando com ela a mudança realizada com audácia e pragmatismo pelo presidente" Luiz Inácio Lula da Silva.

O prefeito socialista de Paris, Bertrand Delanoë, também manifestou em um comunicado sua satisfação com o resultado das eleições de domingo e insistiu que "assim a grande obra de Lula, a serviço do progresso, de uma melhor divisão das riquezas, e do crescimento ecológico, poderá prosseguir".

O Partido Comunista Francês enfatizou, por sua parte, que "esta vitória confirma a adesão do povo brasileiro às políticas de transformação que a esquerda brasileira coloca em andamento há oito anos com resultados e êxitos reais, como a saída da pobreza de um quarto da população ou a criação de 15 milhões de empregos, uma política que concedeu também ao Brasil um lugar importante no cenário internacional".

Dilma tem o mesmo nome da mãe, uma moça mineira que se casou com um búlgaro chamado Pétar Russév
Dilma tem o mesmo nome da mãe, uma moça mineira que se casou com um búlgaro chamado Pétar Russév
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade