PUBLICIDADE

Diretor de jornal presta depoimento à PF sobre quebra de sigilo

3 nov 2010 12h52
Publicidade
Claudia Andrade
Direto de Brasília

O diretor de redação do jornal Estado de Minas, Josemar Gimenez, prestou depoimento na manhã desta quarta-feira (3) à Polícia Federal, em Brasília. Ele prestou esclarecimentos no inquérito que investiga a quebra de sigilo de lideranças tucanas e familiares de José Serra.

Gimenez deixou o local sem falar com a imprensa. Ele chefia a redação do jornal para o qual trabalhou Amaury Ribeiro Jr, apontado como o responsável por conseguir os dados sigilosos. Sua defesa alega que o jornalista só teve acesso a documentos de forma legal.

A apuração realizada por Amaury Ribeiro teria começado depois que o jornalista soube que uma suposta equipe de inteligência estaria reunindo dados contra o então governador mineiro, Aécio Neves.

Em setembro e outubro de 2009, quando os dados foram acessados, o jornalista estaria de férias do jornal. Em nota, a direção do Estado de Minas afirmou que Amaury Ribeiro Jr pediu demissão no dia 15 de outubro do ano passado.

Fonte: Terra
Publicidade