0

Com Caetano Veloso, Freixo faz 1º comício da campanha do Rio

21 set 2012
09h02
atualizado às 15h00
Juliana Prado
Direto do Rio de Janeiro

Segundo colocado na disputa à prefeitura do Rio de Janeiro, o candidato Marcelo Freixo (Psol) realiza, na noite desta sexta-feira, um comício na Lapa, região central da cidade. A intenção dos coordenadores da campanha é reunir ao menos 10 mil pessoas na região dos arcos, ponto tradicional da capital fluminense. A investida de Freixo é, em momento estratégico da disputa, mobilizar eleitores em torno de seu nome através de um evento de massa. Este será o primeiro comício das eleições municipais no Rio este ano e contará com a presença de Caetano Veloso, que desde 1989 não subia em palanques para discursar a favor de um candidato.

Conheça os candidatos a vereador e prefeito de todo o País
Acompanhe as pesquisas eleitorais
Veja o cenário eleitoral nas capitais
Confira quanto ganham os prefeitos e vereadores nas capitais brasileiras

A presença do artista baiano, que teve seu trabalho marcado pela crítica à Ditadura Militar em 1960, foi confirmada pela assessoria de Freixo. O socialista aposta as fichas no comício, mantendo o discurso de que há margem para um crescimento na reta final. O evento público acontece a pouco mais de duas semanas da votação de 7 de outubro e é considerado oportuno pela capacidade que a campanha demonstrou até agora de reunir público.

"O comício joga uma animação na campanha que vai contagiar a militância em momento decisivo, em que cada pessoa precisa conseguir mais um voto", afirmou o concorrente do Psol. Ele nega que a ideia seja fazer um grande evento público que possa ficar marcado como diferencial da campanha de 2012. "Esse diferencial da nossa campanha já está criado, nós temos militância espontânea, temos identidade com a juventude, principalmente", ressaltou Freixo.

Entre os presentes estão confirmados o senador Randolfe Rodrigues (Psol-AM), que ganhou notoriedade como integrante da CPI do Cachoeira, e os deputados federais Ivan Valente (Psol-SP), Jean Willis (Psol-RJ) e Chico Alencar (Psol-RJ). O vice de Freixo na chapa, o músico Marcelo Yuka, ex-integrante da banda O Rappa, também vai comparecer.

Mobilização
Com 18% das intenções de voto, de acordo com a última pesquisa eleitoral divulgada pelo Datafolha - Eduardo Paes (PMDB) se mantém na casa dos 54% -, o concorrente do Psol foi o único dos principais candidatos que conseguiu alguma polarização na disputa. Os outros concorrentes, Rodrigo Maia (DEM), Otávio Leite (PSDB) e Aspásia Camargo (PV) patinam nos levantamentos feitos até agora.

Para o comício, os militantes do socialista buscam ao menos um efeito simbólico junto ao eleitorado, uma mobilização é feita desde o início do mês. Nas redes sociais e nas ruas, equipes tentam atrair o maior número possível de pessoas para o evento. O ato político está marcado para as 19h. Candidatos a vereador pelo Psol abrem os discursos e Freixo deve falar por volta das 21h. A ideia é liberar o local até 22h, em função da programação de shows e festas na região durante a noite de sexta-feira.

Fonte: Especial para Terra
publicidade