PUBLICIDADE

Política

Candidatos a prefeito batem perna e fazem promessas no Rio

11 ago 2012 - 21h23
(atualizado às 21h34)
Compartilhar

Os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro aproveitaram o sábado ensolarado para bater perna pela cidade. Marcelo Freixo (Psol) esteve na zona norte e visitou os bairros da Penha e Brás de Pina. Em conversa com comerciantes e frequentadores do Calçadão da Penha, Freixo defendeu uma reforma tributária municipal.

Veja o cenário eleitoral nas capitais

Veja quanto ganham os prefeitos e vereadores nas capitais brasileiras

"Temos ouvido muita reclamação em relação ao comércio de rua que hoje recebe poucos investimentos e tem alta carga tributária. Defendemos uma reforma tributária municipal debatida com a população para estimular algumas regiões da cidade e atividades econômicas", disse o candidato.

Acompanhado do deputado federal Chico Alencar e de candidatos a vereador pelo Psol, Marcelo Freixo também caminhou pela avenida Brás de Pina e participou da inauguração de um comitê. Deu até tempo do candidato assistir, em um restaurante na região, a final do futebol masculino das Olimpíadas entre Brasil e México.

Rodrigo Maia (DEM) e sua candidata a vice, Clarissa Garotinho (PR), foram recebidos pelo vereador Carlo Caiado (DEM) na Estrada da Magarça, em Guaratiba, na zona oeste do Rio, pela manhã. Em conversa com os moradores da região, Maia prometeu aumentar o número de creches na região e ampliar o horário de funcionamento das unidades até 19h.

"Na nossa gestão, as creches vão passar a receber crianças a partir dos três meses de idade. As mães precisam sair para trabalhar e devem se sentir seguras para deixar seus filhos nas creches. A ampliação do horário vai facilitar o dia a dia das mulheres e mães que estão no mercado de trabalho", afirmou Rodrigo. O candidato também prometeu soluções para o problema da falta de saneamento na região.

Já a candidata do PV, Aspásia Camargo, aproveitou uma entrevista para a Rádio Saara pela manhã para caminhar, ao lado de seu vice, Alfredo Piragibe, no centro de comércio popular, no centro do Rio. "Aqui estão os negócios, a cultura e a história do Rio de Janeiro. A centralidade não pode ser deslocada. Tentar alterar essa realidade trará grandes danos", ressaltou a Aspásia.

Além de defender a preservação do conjunto arquitetônico local, a verde prometeu criar uma empresa publico-privada (prefeitura e autoridade saariana) para administrar e fazer do Saara um centro de serviços e comércios qualificados.

O candidato do PSDB, Otávio Leite, contraiu conjuntivite no olho direito e cancelou sua agenda neste sábado. Com um tampão no olho, Leite compareceu apenas na missa de um ano da morte da juíza Patrícia Acioli. Pelo Twitter, Leite comentou: "a juíza Patricia Acioli, mulher corajosa, muito inteligente e capaz, participou comigo do movimento estudantil. Honrou a justiça brasileira", escreveu.

Apenas o candidato à reeleição Eduardo Paes (PMDB) não teve agenda neste sábado. O prefeito está em Londres para receber a bandeira olímpica no domingo.

Marcelo Freixo (Psol) deu uma pausa na caminhada no bairro de Brás de Pina para assistir ao jogo Brasil x México
Marcelo Freixo (Psol) deu uma pausa na caminhada no bairro de Brás de Pina para assistir ao jogo Brasil x México
Foto: Adriana Lorete / Divulgação
Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra