0

Deputados aprovam reajuste, e Cabral terá salário de R$ 21,8 mil em 2014

Reajuste de 5,8% ampliará o teto do funcionalismo público e terá efeito cascata sobre vencimentos de vice-governador e secretários

18 dez 2013
23h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os deputados estaduais do Rio de Janeiro aprovaram nesta quarta-feira o reajuste de 5,8% no salário do governador do Estado, vice, secretários e subsecretários da administração fluminense. Com a aprovação da proposta da Comissão de Orçamento, Fiscalização Financeira e Controle da Alerj, o vencimento do governador vai de R$ 20,6 mil para R$ 21,8 mil em 2014.

Com o aumento, haverá igual reajuste no teto do funcionalismo do Executivo estadual, beneficiando integrantes de postos de coronel da polícia e auditores fiscais. O vice-governador passará a receber R$ 18,4 mil no ano que vem, mesmo salário recebido pelos secretários de governo. Já os subsecretários receberão R$ 16,5 mil.

"A proposta está dentro do plano orçamentário, por isso tudo foi aprovado como o esperado", disse o presidente da Comissão de Orçamento da Alerj, deputado Coronel Jairo (PMDB).

Veja também:

Bolsonaro faz novo exame para detectar covid-19
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade