0

Comissão do Senado rejeita proposta que inclui políticos na malha fina

Proposta do senador Cristovam Buarque previa que políticos com mandato eletivo fossem fiscalizados automaticamente pela Receita

13 ago 2013
13h56
atualizado às 13h58
  • separator
  • comentários

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado rejeitou nesta terça-feira proposta que previa a inclusão automática de políticos com mandato eletivo na malha fina da Receita Federal. A proposta do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) queria fiscalização mais rigorosa para as informações da declaração de Imposto de Renda de políticos.

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) observou que seria "bom para a opinião pública" votar a proposta que "pede que nossas vidas sejam mais fiscalizadas". Mas 12 senadores se mostraram contrários à proposta, enquanto três votaram favoravelmente.

Para o senador Romero Jucá (PMDB-RR), a proposta dava tratamento diferenciado para os políticos, "ferindo o direito de igualdade". A proposta já havia sido rejeitada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, que a considerou inconstitucional. Na CAE, a proposta tinha caráter terminativo (não precisava passar pelo plenário da Casa).

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade