2 eventos ao vivo

Comissão da Verdade: conheça 33 desaparecidos e mortos

Vítimas da ditadura tiveram as identidades e as histórias reveladas no relatório entregue à presidente Dilma Rousseff

<p><strong>AUREA ELIZA PEREIRA -</strong> Aurea nasceu na cidade de Monte Belo, em 1950, interior de Minas Gerais. Com 17 anos, passou no vestibular do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Na universidade, participou ativamente do movimento estudantil. Neste período, conheceu Antônio de Pádua Costa e ArildoValadão. Em fevereiro de 1970, casou-se com Arildo. Em meados do mesmo ano mudou-se para o sudeste do Pará, onde passou a trabalhar como professora. Integrava o Destacamento C da guerrilha. Aurea foi vítima de desaparecimento forçado durante a Operação Marajoara, em 1973.</p>
AUREA ELIZA PEREIRA - Aurea nasceu na cidade de Monte Belo, em 1950, interior de Minas Gerais. Com 17 anos, passou no vestibular do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Na universidade, participou ativamente do movimento estudantil. Neste período, conheceu Antônio de Pádua Costa e ArildoValadão. Em fevereiro de 1970, casou-se com Arildo. Em meados do mesmo ano mudou-se para o sudeste do Pará, onde passou a trabalhar como professora. Integrava o Destacamento C da guerrilha. Aurea foi vítima de desaparecimento forçado durante a Operação Marajoara, em 1973.
Foto: Relatório da Comissão da Verdade / Reprodução

compartilhe

publicidade
publicidade