1 evento ao vivo

Ciro diz que mantém candidatura: santo Lula está errado

3 fev 2010
07h17
atualizado às 08h12

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) disse que vai manter sua candidatura à Presidência da República, contrariando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pede união da base aliada na candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT). Para Ciro, Lula comete um grave erro ao avaliar que sua desistência beneficiaria a petista. "O PSDB e o PT querem que eu retire a minha candidatura. Algum dos dois está errado. A única pessoa que está certa de querer tirar a minha candidatura é o Serra. Significa que o santo Lula nesse assunto está errado", disse Ciro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O deputado federal Ciro Gomes (esq.) concede entrevista na Assembleia Legislativa do Ceará
O deputado federal Ciro Gomes (esq.) concede entrevista na Assembleia Legislativa do Ceará
Foto: Bruno de Castro / Especial para Terra

A declaração do deputado ocorreu na terça-feira, dia de retorno das férias parlamentares e um dia após a divulgação da pesquisa do Instituto Sensus pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) indica que a presença de Ciro na disputa garantiria a realização de segundo turno entre a ministra e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). De acordo com o levantamento, com Ciro na disputa, Dilma tem 27,8% das intenções de voto e Serra, 33,2%. Ciro fica em terceiro lugar, com 11,9%, e a senadora Marina Silva (PV) em quarto, com 6,8%. Em um cenário sem Ciro Gomes, Serra aparece com 40,7% das intenções de voto, Dilma, com 28,5% e Marina com 9,5% - 11,4% votariam branco ou nulo e 10% não sabem. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 25 a 29 de janeiro com 2 mil entrevistados em 136 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais. O número de registro é o 1570/2010.

Fonte: Redação Terra
publicidade