3 eventos ao vivo

Chávez será 1° líder internacional a se reunir com Dilma

30 dez 2010
22h47
atualizado às 23h57

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, será o primeiro líder internacional a reunir-se com a presidente eleita Dilma Rousseff após a posse. Eles têm um encontro bilateral marcado para o dia 2 de janeiro, às 9h. Nesta quinta-feira, ao confirmar sua viagem para assistir a cerimônia, Chávez disse que Dilma é uma "grande amiga" e uma "grande revolucionária".

Há previsão de mais cinco encontros no domingo com representantes de outros países que virão para a cerimônia da posse em Brasília, mas é possível que a agenda da futura presidente ainda sofra alterações até lá.

Além de Hugo Chávez, mais cinco presidentes latino-americanos estão confirmados para a posse de Dilma. Entre eles Evo Morales, da Bolívia, Fernando Lugo, do Paraguai, José Mujica, do Uruguai e Sebastián Piñera, do Chile. Nenhum deles passará a virada do ano em Brasília, chegando à cidade apenas no dia 1° de janeiro para acompanhar os eventos da posse.

Uma das ausências na lista dos convidados confirmados é a da presidente da Argentina, Cristina Kirchner. Ela será representada pelo ministro das Relações Exteriores, Héctor Timerman. Cerca de 50 líderes internacionais comparecerão à cerimônia, entre eles a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, que já está na cidade.

Hoje, Chávez disse também que seu colega brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, deixa o governo com a "cabeça erguida". "Lula sai com a cabeça erguida, um abraço camarada, companheiro Lula. Obrigado por estes oito anos de solidariedade, amizade, afeto, de firmeza!", disse, em um ato de entrega de imóveis a desabrigados pelas chuvas das últimas semanas.

O venezuelano afirmou ainda que aproveitará a viagem para realizar encontros bilaterais com "vários presidentes", entre os quais mencionou Evo Morales, o colombiano Juan Manuel Santos, e Lugo.

Com informações da EFE.

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade