2 eventos ao vivo

Câncer de Lula teve redução de 'ao menos 75%', dizem médicos

12 dez 2011
18h13
atualizado às 21h23
Hermano Freitas
Direto de São Paulo

A equipe médica do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrvista coletiva no final da tarde desta sexta-feira, em São Paulo, que o câncer do político teve uma redução de "pelo menos 75%". A quimioterapia, que recomeçaria apenas amanhã cedo, foi retomada no final desta tarde e o ex-presidente deve ter alta médica na noite de terça.

Saiba mais sobre os cânceres de Dilma e Lula
Conheça o tratamento e as consequências à saúde de Lula
Lula completa 66 anos: relembre 66 frases memoráveis do ex-presidente

O cardiologista Roberto Kalil Filho disse que o ex-presidente estava apreensivo, mas recebeu o bom resultado dos exames com "um sorriso no rosto". "O estado geral de saúde dele é muito bom", disse o médico. De acordo com o cirurgião Luiz Paulo Kowalski, uma intervenção está "totalmente descartada" em virtude dessa redução. Uma radiologia está marcada para janeiro.

O oncologista Artur Katz classificou a redução no tamanho do tumor como "extraordinária". "A redução excede um pouco o que esperávamos", disse Artur Katz. "Comentávamos que havia uma perspectiva otimista, mas a melhora até excede o que esperávamos", afirmou. A retomada da atividade política do petista foi prevista para o início de 2012.

O câncer de Lula
Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.

O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

Fonte: Terra
publicidade