4 eventos ao vivo

Após posse, Dilma deve receber 6 chefes de Estado no domingo

31 dez 2010
12h52
atualizado às 12h53

Pelo menos seis chefes de Estado devem se encontrar com a presidente eleita, Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, no domingo. Aproveitando a vinda ao Brasil para participar da posse, presidentes e primeiros-ministros já pediram audiência e uma agenda preliminar já foi montada pela equipe de transição.

Dilma deve receber ao menos seis chefes de Estado no domingo
Dilma deve receber ao menos seis chefes de Estado no domingo
Foto: Reuters

O primeiro a ser recebido deverá ser o presidente da Venezuela Hugo Cháves. Ainda na manhã de domingo estão previstos encontros com o presidentes da Bolívia, Evo Morales e do Uruguai, José Mojica e com os primeiros-ministros da Coreia do Sul, Kim Hwang-sik, de Portugal, José Sócrates e do Senegal, Souleymane Ndéné Ndiaye.

Para a cerimônia de posse, 132 países já confirmaram o envio de representantes. Estão também confirmadas a presença de 12 chefes de Estado e 12 chefes de governo. Vices-presidentes também comparecerão à cerimônia, além de 23 ministros de Estado e 76 embaixadores. A presença da secretária de Estado americana, Hillary Clinton também foi confirmada. Já a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, alegou motivos pessoais para não participar da posse.

Além dos chefes que pediram audiência com a presidente, também estarão presentes na posse os chefes de Estado da Holanda, Gerrit Schotte; da Bulgária, Boyco Borissov; do Haiti, Jean Max Bellerive; do Catar, Abdullah bin Khalifa AlThani; do Marrocos, Abbas El Fassi; da Jamaica, Bruce Golding; de São Tomé e Príncipe, Patrice Emery Trovoada; e do Sri Lanka, Ratnasiri Wickramanayake - além do ex-premiê japonês Taro Aso.

O número de chefes de Estado e de governo com presença confirmada pode ser alterado até o dia da posse.

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

publicidade