Política

publicidade
01 de fevereiro de 2010 • 09h11 • atualizado às 09h15

Após crise, Lula visitará 22 países no 1° semestre

Lula concedeu entrevista coletiva após passar por exames
Foto: Raphael Falavigna / Terra
 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que, apesar da sua crise de hipertensão, não mudará seus planos previstos para o último ano de mandato. Ao deixar o InCor no sábado, onde passou por um check-up, Lula disse que após o Carnaval irá iniciar uma maratona de viagens. A previsão é de que ele visite 22 países até agosto. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O presidente pretende fazer o máximo de viagens possíveis nos próximos cinco meses para, depois de agosto, estar liberado para os compromissos da campanha eleitoral. Entre os países que Lula deve visitar estão México, Cuba, El Salvador, Haiti, Uruguai, Israel, Jordânia, Palestina, Estados Unidos, Irã, China, Rússia, Canadá, Espanha, Argentina, Bolívia e Venezuela. Na véspera da campanha, Lula também deve visitar cinco países da África, que ainda serão definidos.

Redação Terra