publicidade
09 de agosto de 2013 • 20h56 • atualizado às 20h57

Trio suspeito de explodir caixas eletrônicos é preso em Ribeirão Preto

 

Depois de seis meses de investigações da Polícia Civil de Ribeirão Preto (SP), dois homens e uma mulher foram capturados na manhã desta sexta-feira, suspeitos de praticar furtos e roubos a caixas eletrônicos e bancos, com o uso de dinamites roubadas de uma pedreira em fevereiro deste ano.

No começo do ano, a quadrilha roubou uma pedreira no quilômetro 7 da rodovia Antonio Machado Santana (SP-255), na zona rural da cidade, a 336 quilômetros de São paulo. A partir daí, a Delegacia Seccional de Ribeirão Preto iniciou diligências para identificar e prender os criminosos.

Durante as apurações, os investigadores descobriram que os assaltantes haviam furtado e roubado diversas agências bancárias, caixas eletrônicos e residências, além de se envolverem em outros crimes semelhantes. Com as provas colhidas através das diligências, a Polícia Civil pediu e a 4ª Vara Criminal expediu três mandados de prisão temporária contra a mulher e os dois homens envolvidos nos delitos.

Os acusados usaram as dinamites roubadas na pedreira na maioria dos crimes, que aconteceram em cidades da região de Ribeirão Preto, como Barrinhas, Cruz das Posses, Santo Antônio da Alegria e Pontal.

Terra