Polícia

publicidade
07 de agosto de 2010 • 20h55 • atualizado em 07 de Agosto de 2010 às 21h16

Suposto traficante brasileiro é preso no Paraguai

Agentes antidrogas de Brasil e Paraguai prenderam neste sábado, em uma região de fronteira entre os dois países, um brasileiro procurado pela Justiça nacional e supostamente vinculado ao traficante Carlos 'Líder' Cabral, detido em julho. Lino Chaparro, 66 anos, foi preso por agentes da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai e da Polícia Federal brasileira.

De acordo com os dois órgãos, Chaparro, que seria um importante fornecedor de maconha e de craque na fronteira entre ambos os países, foi detido em um imóvel de Ciudad del Este, a 330 km de Assunção e bem próxima a Foz do Iguaçu, no Paraná. Entregue neste sábado às autoridades brasileiras, ele se refugiou em território paraguaio após escapar do País em julho passado.

No comunicado de prisão, os dois departamentos afirmam que o suposto traficante está vinculado ao paraguaio-brasileiro Carlos 'Líder' Cabral, que foi preso em 14 de julho em Guaíra, também no Paraná. Cabral era procurado há uma década pelas autoridades antidrogas dos dois países e é considerado como o principal proprietário de terras onde se cultiva maconha na fronteira.

Cabral é apontado pelas polícias como um dos chefes do tráfico feito na região para a organização criminal controlada da prisão por Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, atualmente detido no Mato Grosso do Sul.

EFE