0

SP: taxa de homicídios cai 4,5% em 2010 e é a menor desde 1999

31 jan 2011
16h27
atualizado às 18h12

São Paulo atingiu o menor índice de homicídios da história recente, analisada desde 1999, segundo as Estatísticas da Criminalidade divulgadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, nesta segunda-feira. O crime no Estado caiu 4,5% em um ano e chegou a 10,47 homicídios dolosos (quando há a intenção por parte do assassino de matar a vítima) para cada 100 mil habitantes em 2010. A taxa anterior era de 10,96 mortes a cada 100 mil.

"A queda nos homicídios dolosos em São Paulo pode ser creditada a uma constante política de investimento em segurança pública", afirmou a SSP. Desde 1999, a queda acumulada alcançou a marca de 70,3%. Com isso, a taxa paulista de 10,47 em 2010 está menor do que a metade da taxa média de homicídios no Brasil, de 24,5 para cada 100 mil habitantes/ano. Em números absolutos, São Paulo teve 4.320 casos de homicídios, sendo que em 1999, foram 12.818 casos.

Os dados apontam ainda que foi alcançada a meta da SSP de reverter a tendência de alta dos crimes contra o patrimônio observada em 2009. Os indicadores mostram que os latrocínios, roubos seguidos de morte, caíram 16,5%, de 303 para 253 casos.

Ainda houve redução dos roubos de cargas, de veículos e dos roubos em geral. Os roubos de cargas diminuíram 6,2% em comparação com o ano passado, enquanto os de veículos caíram 4,54% no mesmo período. Roubos em geral recuaram 9,47%, com menos 23.591 casos em 2010.

Segundo a SSP, a melhora nos números foi fruto da maior modernização implementada na área de segurança no Estado, além das demissões de maus policiais.

Terra

compartilhe

publicidade
publicidade