0

SP: por briga política, amizade termina em tentativa de homicídio

30 nov 2012
14h32
Géro Bonini
Direto de Botucatu

A Polícia Civil de São Manuel, a 267 km de São Paulo, divulgou nesta sexta-feira o caso de uma tentativa de homicídio ocasionada por uma divergência política entre dois amigos. Um homem de 37 anos foi alvejado com oito tiros e está internado em estado grave no Serviço de Terapia Intensiva da Unidade do Hospital das Clínicas de Botucatu.

De acordo com o delegado de São Manuel, José Mário Toniato, Aguinaldo Cristiano da Silva e Walmir José Félix Crote eram amigos até a última eleição municipal, quando optaram por apoiar candidatos opostos e tornaram-se inimigos. "Eles eram amigos, mas, por cada um apoiar um candidato diferente na eleição deste ano, passaram de bons amigos para inimigos e começou todo o problema", explicou o delegado.

Segundo José Mario Toniato, no início do mês, Walmir Crote já havia tentado balear Aguinaldo Silva. "Há uns 20 dias, ele teria dado um tiro em Aguinaldo, mas a bala atingiu de raspão o braço", revelou o delegado. Desde esta ação, foi pedida a prisão de Walmir por tentativa de homicídio, mas ele estava foragido.

Na última quarta-feira, Aguinaldo sofreu novo atentado, e dessa vez, os tiros acertaram o homem. "Ele foi alvejado com oito disparos, quando chegava na casa de sua namorada. Ele abaixou para abrir o portão e foi atingido. O Walmir, que executou os disparos, estava dentro de um Corsa, que era dirigido por outro homem", esclareceu.

Aguinaldo Silva foi atingido na cabeça, na bexiga e no intestino. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital das Clínicas de Botucatu, onde passou por cirurgias, e está internado em estado grave.

Walmir Crote segue foragido. A Polícia de São Manuel e região realizam buscas para localizar o suspeito.

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade