0

SP: polícia prende 3 terceirizados suspeitos de furtar malas em Cumbica

Funcionários de empresa que presta serviços no aeroporto violavam bagagens à procura de produtos de alto valor agregado

5 mar 2013
13h20
atualizado às 13h22
  • separator
  • comentários

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na manhã desta terça-feira três funcionários de uma empresa que presta serviços no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, suspeitos de furtar produtos de dentro de bagagens de passageiros. Segundo a Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur), os terceirizados vasculhavam malas no trajeto entre a aeronave e a esteira do aeroporto.

Os principais alvos dos suspeitos eram passageiros de voos internacionais. De acordo com a Deatur, os funcionários trabalhavam na carga e descarga das aeronaves. Após separarem as malas que pretendiam vasculhar, os suspeitos empilhavam outras malas ao redor, formando uma barreira que impedia o monitoramento das câmeras de segurança. Assim, eles ficavam livres para fazer a "cesária" das bagagens - jargão usado pelos suspeitos para se referir à operação de abertura do zíper.

O foco do grupo era produtos como perfumes, óculos, celulares, tablets e equipamentos eletrônicos - objetos pequenos e de grande valor agregado, que pudessem ser levados nos bolsos. Após furtar os produtos, a mala era novamente fechada. Segundo a Deatur, os donos das bagagens dificilmente percebiam que elas haviam sido violadas, uma vez que a quadrilha as deixava praticamente intactas.

Os três suspeitos foram presos em flagrante com diversos objetos furtados. Nas residências do trio, a polícia encontrou outros equipamentos.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade