2 eventos ao vivo

SP: mulher é morta após ser mantida refém por 5h pelo ex-marido

23 jan 2013
05h37
atualizado às 06h18
  • separator
  • comentários

Uma mulher morreu depois de o ex-marido mantê-la sob cárcere privado durante horas na madrugada desta quarta-feira na região de Guaianazes, zona leste de São Paulo. Segundo a polícia, Marcos Alexandre Ferreira, 37 anos, invadiu a casa na noite de terça e manteve a professora refém por cerca de cinco horas. Na madrugada, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate, grupo de elite da Polícia Militar) foram acionados para tentar libertar a vítima. Depois de negociações, houve a invasão da residência e a mulher foi encontrada morta, em um cômodo da casa, com várias facadas. As informações são da rádio CBN.

A polícia não informou se a mulher foi morta durante as negociações ou no momento em que ocorreu a invasão. Segundo vizinhos da vítima, a mulher sofria agressões constantemente e por isso resolveu pedir o divórcio. Porém, apesar da separação, Marcos continuava perseguindo a vítima. O criminoso foi internado após se ferir com a faca durante a ação. Quando receber alta, será detido por cárcere privado e homicídio.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade