1 evento ao vivo

SP: jovem estuprada em baile passa mal e depoimento é adiado

25 mai 2010
17h31
atualizado às 17h53

A Polícia Civil de São Paulo começa a colher, nesta terça-feira, depoimentos sobre o caso da adolescente de 14 anos que foi vítima de estupro em uma festa de debutantes em Sorocaba (97 km da capital). A menor, que seria ouvida entre ontem e esta terça-feira, acabou pedindo um adiamento após passar mal. A delegada Jaqueline Barcelos Coutinho deve questionar amigas da vítima, funcionários do clube e outras pessoas que frequentaram a festa.

De acordo com o boletim de ocorrência, a menina relatou à polícia que um rapaz alto e de barba puxou ela para dentro do banheiro e começou a molestá-la. A garota afirmou que começou a gritar, mas não recebeu socorro.

A Polícia Civil foi chamada ao local pela mãe da vítima. A jovem estava ensanguentada e com sinais claros de embriaguez, conforme os agentes. Testemunhas disseram que a menina passou a festa toda acompanhada por outro homem e que a dupla chegou a discutir durante o baile.

Alguns convidados afirmaram ter visto o suspeito no hall de acesso aos banheiros poucos momentos antes da garota sair com manchas de sangue na roupa e gritando que tinha sido vítima de estupro.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade