2 eventos ao vivo

RS: vingança de criminosos, diz delegado sobre linchamento

8 abr 2014
09h26
atualizado às 09h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O delegado que investiga o linchamento do adolescente de 15 anos morto por um grupo, na madrugada de domingo, em Porto Alegre (RS), após ter ferido com uma faca o irmão de 5 anos, já trabalha com uma linha de investigação determinada. Roger Bitencourt tem a convicção de que os autores do crime não foram cidadãos comuns movidos pela indignação. "Não foi uma reação movida pela emoção dos vizinhos. Foi uma vingança fria, cometida por criminosos. Atitude típica de gangue", afirmou o delegado. As informações foram publicadas no jornal Zero Hora. 

O linchamento ocorreu no bairro Jardim Protásio Alves, zona leste da capital gaúcha. Depois de espancado por um grupo com pelo menos 15 pessoas, o adolescente foi executado com quatro tiros na cabeça e teve seus pertences roubados. O jovem cuidava dos quatro irmãos mais novos enquanto a mãe estava em uma festa. Depois de tomar algumas cervejas, ele teria ficado agressivo. Em uma suposta brincadeira, acertou uma facada na barriga do irmão. Desesperado, correu em busca da ajuda dos avós. Quando voltava para casa, cruzou com os linchadores e não teve chance de defesa. O menino de 5 anos segue internado no HPS em estado regular.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade