publicidade
17 de janeiro de 2013 • 18h34 • atualizado às 18h36

RS: polícia investiga túnel de 4,5 m encontrado próximo a banco

 

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga a escavação de um túnel de cerca de 4,5 metros de comprimento próximo a uma agência bancária no centro de Camaquã, no sul do Estado. A construção foi descoberta na tarde de quarta-feira, quando a prefeitura executava obras para reparar parte da calçada que havia cedido no local.

O túnel tinha cerca de 1,5 metro de altura e 1 metro de comprimento e estava escorado com pedaços de madeira serrada. Segundo as investigações preliminares, a obra não é recente e foi executada por alguém com "boas noções de construção civil". "As madeiras que servem no escoramento do túnel estão em certo estado de apodrecimento, o que indica que a obra foi abandonada há um certo tempo", afirmou o delegado Josuel Muniz. Dentro da obra, a polícia encontrou uma picareta e pregos enferrujados.

De acordo com o delegado, o túnel se inicia em uma ampla galeria subterrânea e se dirigia ao cofre da agência do Banco do Brasil, sendo abandonado a cerca de 6,5 metros do estabelecimento. "A obra se iniciou a partir de uma galeria subterrânea que escoa um córrego, feita de pedra e concreto. Foi arrebentada uma parede de pedra, bem no ponto estratégico que vai à parede do banco onde, pelo que se sabe, está o cofre. A escavação foi abandonada por algum motivo que desconhecemos", disse o delegado.

Muniz afirma que os responsáveis pela construção do túnel podem ter acessado facilmente a galeria em diversos pontos. "Tem algumas tampas dentro da cidade, são tampas de ferro, pesadas, que exigem no mínimo quatro homens para abri-la. Mas tem outro acesso livre em um córrego da cidade. Em alguns pontos da galeria, dizem que cabe até uma caminhonete", afirmou o delegado.

A Coordenação Geral de Obras do município descarta a possibilidade de o túnel ser oriundo de alguma obra abandonada da prefeitura, e a principal linha de investigação é de que a construção tinha um fim ilícito. "Até o momento, não temos suspeitos. Já acionamos o setor de inteligência da Polícia Civil e estamos coletando maiores dados. O laudo da perícia feita no local sai em 30 dias", completou. Ainda segundo o delegado, a prefeitura já providenciou o fechamento do túnel.

Terra