0

RJ: denúncia de assassinos de biólogo espanhol vale R$ 5 mil

19 ago 2013
11h14
atualizado às 11h15
  • separator
  • comentários

A Secretaria do Ambiente do Rio de Janeiro e o Disque-Denúncia divulgaram cartazes nesta segunda-feira oferecendo recompensa de R$ 5 mil a quem ajudar a polícia a identificar os assassinos do ambientalista espanhol Gonzalo Alonso Hernández, morto a tiros em seu sítio no município de Rio Claro, região do Médio Paraíba. 

Gonzalo era biólogo e residia no distrito de Lídice, de Rio Claro, no entorno do Parque Estadual do Cunhambebe. Desde 2009, ele participava do Projeto Produtor de Água e Floresta, cujo objetivo é implantar um sistema de pagamento por serviços ambientais em Rio Claro, remunerando o produtor rural pela conservação e restauração florestal.

A vítima era defensora da preservação do meio ambiente da região, sendo conhecido por sua ação contra caçadores, palmiteiros e outras pessoas que degradavam o meio ambiente. A polícia já tem indícios da autoria do crime, e de que foi praticado por mais de uma pessoa. O sítio onde vivia o ambientalista será transformado em um quartel de órgãos ambientais para ações permanentes de combate aos crimes ambientais na região.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade