1 evento ao vivo

Polícia prende quadrilha violenta suspeita de assaltos e tráfico em GO

22 mai 2013
21h24
atualizado às 21h27
  • separator
  • comentários

A Polícia Civil de Goiás prendeu nesta quarta-feira 14 integrantes de uma quadrilha que atuava há pelo menos um ano em todas as regiões de Goiânia, e que era especializada em um amplo conjunto de crimes, incluindo tráfico de drogas e roubo de residências, comércio, carros e joias. Segundo a delegada Adriana Ribeiro, titular da Delegacia de Investigações Criminais (Deic), homicídios e latrocínios também constam no rol das atividades criminosas dos presos, apesar de não ser o foco principal dos criminosos. Ao todo, foram expedidos 19 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão.

Em entrevista coletiva, o delegado Gilson Mariano, da Deic, disse que as investigações começaram em fevereiro, após a ocorrência de um latrocínio em um depósito de materiais de construção no Setor Madri, que vitimou Gabriel Coelho, 21 anos, que era filho de um policial civil. Ao longo da investigação, foi descoberta a rede de criminosos que atuava na região. A operação conjunta das delegacias de Investigação Criminal, de Furtos e Roubos a Veículos Automotores, de Repressão a Narcóticos e de Investigação de Homicídios - que mobilizou 10 delegados, além de 50 agentes e escrivães - desencadeada nesta quarta-feira foi batizada com o nome do jovem assassinado.

"Identificamos vítimas de uma série de assaltos que roubavam joias, carros, transeuntes, comércios e residências", disse o policial civil, ressaltando que a quadrilha é composta basicamente de jovens, que cometiam os roubos para ostentação. "São pessoas bastante agressivas e perigosas. Todos com passagem já, inclusive os menores", detalhou o delegado sobre o perfil dos integrantes, informando que a idade dos detidos varia de 16 a 20 anos.

Ainda segundo o delegado, a polícia investiga como os adolescentes que atuavam na quadrilha recebiam armas e carros para cometer os crimes. Há suspeita de envolvimento de comerciantes. Nas buscas foram apreendidos nove carros - alguns de luxo, como modelos da Toyota e da Hyundai -, joias, 12 motos, munição, uma moto aquática e drogas. Computadores também foram apreendidos e vão passar por perícia, bem como os outros produtos dos roubos.

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade