PUBLICIDADE

PM ganha nova 'arma' no combate ao crime no ABC: tablets

2 set 2011 13h00
| atualizado às 13h07
Publicidade

Viaturas da Polícia Militar (PM) da região do Grande ABC paulista receberam, no dia 29 de agosto, tablets para que os oficiais possam acessar os bancos de dados das polícias (pessoas, armas e veículos), fazer uma análise preventiva do local, usar o Sistema de Posicionamento Global (GPS) e elaborar boletins de ocorrência.

Os tablets vão ajudar as viaturas a chegarem mais rapidamente aos locais de ocorrências
Os tablets vão ajudar as viaturas a chegarem mais rapidamente aos locais de ocorrências
Foto: Divulgação

Tablets são computadores em forma de pranchetas com telas sensíveis ao toque. Segundo a corporação, cerca de 500 viaturas que circulam pelos sete municípios da região estão recebendo o novo equipamento de 7 polegadas. Eles são afixados dentro da viatura, no vidro dianteiro, sobre o painel e conectados diretamente à bateria do carro. Os dispositivos são acompanhados de duas câmeras - uma frontal e outra traseira - além de um microfone acoplado. Um dos objetivos para a adoção dos aparelhos é aumentar a eficiência no atendimento a ocorrências, desonerar e reduzir a rede de voz.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, eles vão ajudar as viaturas a chegarem mais rapidamente aos locais de ocorrências. Ainda, são capazes de indicar com precisão o melhor roteiro para ir a qualquer endereço. Ao mesmo tempo, permitirão que o comando da PM tenha maior controle e capacidade de mobilização das viaturas.

Iniciativa valerá para todo o Estado
Os tablets já equipam 3 mil viaturas na capital. Até o final do ano, todas as 11 mil viaturas de quatro rodas da PM receberão o equipamento. O governo do Estado investiu R$ 23,1 milhões na aquisição de 16,5 mil tablets - parte será reservada para o policiamento com motocicletas.

O aparelho é fabricado pela empresa mineira Maxtrack. Projetado para o segmento industrial e automotivo, ele usa o sistema operacional Android, do Google.

Fonte: Terra
Publicidade