Polícia

publicidade
02 de dezembro de 2010 • 20h12 • atualizado às 20h23

PF prende 13 por tráfico internacional e apreende avião em MT

Segundo a PF, a droga vinha da Bolívia e entrava no Brasil por Rondônia
Foto: Polícia Federal / Divulgação

A Operação Cinco Estrelas, da Polícia Federal (PF), prendeu nesta quinta-feira 13 pessoas, e apreendeu 20 veículos e um avião em ações de combate a uma quadrilha internacional de tráfico de drogas. Segundo a investigação, o grupo atuava em Tocantins, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Goiás.

Segundo os dados divulgados, no Tocantins ocorreram sete prisões e apreensão de cinco veículos. Em Goiás, a PF prendeu cinco suspeitos (sendo dois em flagrante por porte de armas), apreendeu 13 veículos e recolheu R$ 23,750 mil, além de joias. Em Rondônia, uma pessoa foi presa e os agentes apreenderam dois veículos, sendo um deles uma retroescavadeira. No Mato Grosso, os oficiais apreenderam um avião monomotor Cesna Skyline 182.

De acordo com a PF, o grupo se dividia em dois núcleos, um com sede no Tocantins e o segundo nos Estados de Goiás e Rondônia. O primeiro organizava um articulador, transportador e financiador para as drogas, e o último as fornecia para traficantes em outras localidades.

A investigação da polícia começou há um ano. A droga vinha da Bolívia e entrava no Brasil por Rondônia. De lá, ela era enviada para Goiânia e distribuída pelo País. Era no Brasil que a cocaína era preparada para a comercialização.

O objetivo dos mais de 150 policiais mobilizados é cumprir 118 mandados judiciais. São 11 prisões preventivas, 07 prisões temporárias, 24 mandados de busca e apreensão e 76 medidas de sequestro de bens móveis e imóveis.

Redação Terra