Polícia

publicidade
21 de março de 2013 • 16h25 • atualizado às 16h29

Padrasto é preso por abusar sexualmente de criança de 8 anos

A polícia prendeu em Sorocaba, no interior de São Paulo, na noite desta quarta-feira o servente Benedito Carriel Costa de Lima, 33 anos, que abusava sexualmente de sua enteada de 8 anos. O homem foi preso na casa em que morava com a menina e a mãe dela no Jardim Califórnia, zona norte da cidade, e confessou o crime. À Polícia Militar, o acusado disse que tinha um "branco" na hora do crime, mas depois se arrependia. As informações são da Rede Bom Dia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o abuso foi descoberto por uma amiga da vítima, que estava em sua casa assistindo a um baile funk, com cenas impróprias para crianças. 

A vítima afirmou à amiga que não havia problemas em assistir à cenas de sexo, pois seu padrasto fazia esse tipo de coisa com ela constantemente. A garota então ligou para a mãe, que acionou a polícia.

Chegando à residência, a polícia interrogou o servente, que confessou que abusava da menina, e que a relação só acontecia quando a mãe dela não estava em casa. Benedito também é acusado de abusar da sobrinha de sua mulher e teria a intenção de cometer o abuso também contra a irmã mais nova da vítima.

A vítima relatou à polícia que o abuso aconteceu por várias vezes e que na noite anterior ele havia tentado manter relações com ela. Como a criança resistiu ao abuso, ele então a levou para a sala e tirou sua roupa.

A menina também afirmou que era obrigada a manter segredo e que o padrasto dava dinheiro para ela não contar a ninguém.

O servente foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Pilar do Sul, que abriga acusados de crimes sexuais e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Terra