Polícia

publicidade
06 de março de 2013 • 14h54 • atualizado às 14h56

Ossada é encontrada em estacionamento da Polícia Civil em SP

A ossada foi encontrada no estacionamento da Polícia Civil, na praça Alfredo Issa, no centro de São Paulo
Foto: Elisa Rodrigues / Futura Press
 

Uma ossada humana foi encontrada na terça-feira, no estacionamento da Polícia Civil de São Paulo, no centro da capital paulista. Os restos mortais estavam no sétimo andar do prédio, localizado na praça Alfredo Issa.

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito para apurar o caso, mas não deu mais detalhes.

Polícia investiga crânios encontrados em SP
Pelo menos outros dois inquéritos investigam ossos humanos encontrados em locais públicos. Desde fevereiro, foram registrados três casos parecidos, mas a Polícia Civil não informa se há relação entre eles.

Segundo a Polícia Civil, a 5ª DP de Sorocaba (SP), a 100 quilômetros da capital paulista, apura as informações sobre um crânio encontrado na última segunda-feira na cidade. A corporação não forneceu mais detalhes sobre esse caso.

Já a 78ª DP investiga outro crânio que foi deixado em frente a um prédio na avenida Paulista no dia 1º de março. Segundo informações de testemunhas, um homem não identificado deixou o crânio, junto com outros objetos, na entrada do edifício Grande Avenida, no bairro Jardim Paulista.

No dia 20 de fevereiro, outro crânio foi encontrado em uma jardineira em uma das entradas do edifício Copan, no centro de São Paulo. A cabeça estava dentro do vaso de planta. A Polícia Civil não deu informações sobre a investigação desse caso.

Terra