1 evento ao vivo

Motorista teria tramado sequestro de marido de atriz

12 ago 2009
03h48
  • separator
  • comentários

Atordoado com o sequestro, Pedro Buarque de Hollanda contou à polícia que ficou surpreso com a forma como os sequestradores sabiam de detalhes de sua vida e da rotina de trabalho. De acordo com os policiais, as informações sobre os hábitos do empresário foram dadas por Erimar, mentor da quadrilha na extorsão.

Ex-motorista da família, Erimar foi demitido há sete meses e contratado semana passada para levar uma esteira até a fazenda, em Paraíba do Sul, onde a vítima estava. Segundo a polícia, ele aproveitou a oportunidade do trabalho temporário para levar, além da encomenda, os sequestradores que capturaram o empresário.

Dezenove horas de cativeiro
Marido da atriz Mariana Ximenes e primo do compositor Chico Buarque, o produtor de cinema Pedro Buarque de Hollanda, 43 anos, viveu a pior experiência de sua vida longe das telas. Algemado e ameaçado de morte por 19 horas, ele percorreu mais de 100 km entre Paraíba do Sul, no interior do Estado, e Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, com uma faca apontada para sua garganta por dois sequestradores. Dentro de seu próprio apartamento, foi obrigado a pagar US$ 100 mil (o equivalente a R$ 181 mil) para, enfim, ser libertado.

Quatro dias depois de passar por horas de angústia e terror, o empresário e sócio da Conspiração Filmes esteve ontem na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), onde reconheceu os sequestradores. Pedro foi rendido pelo mecânico Alexander Motta de Oliveira, 24 anos, e pelo auxiliar administrativo Márcio José Lopes, 32, com uma faca e um estilete em sua fazenda, em Paraíba do Sul, na quinta-feira. Lá, roubaram joias, o celular da empregada, R$ 1 mil e um computador portátil.

Para sair da fazenda, os bandidos usaram a picape Land Rover da vítima, que viajou no banco do carona. Algemado e com os olhos vendados por óculos escuros e lentes envolvidas em fita crepe, Pedro permaneceu imóvel até ser levado para um motel na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias, onde foi obrigado a passar a noite vigiado por Márcio. No dia seguinte, os bandidos mandaram Pedro verificar sua movimentação bancária pela internet e decidiram levá-lo como refém até o seu apartamento em Ipanema.

Para conseguir o valor exigido pelos criminosos, Pedro teve que pedir o dinheiro a um doleiro. Depois de receber a quantia, os bandidos abandonaram a Land Rover da vítima na Lagoa. O veículo foi recuperado pela polícia. Segundo o delegado Deoclécio de Assis Filho, titular da DRFC, por trás da ação estava ainda Erimar Jerônimo de Melo, 46 anos, ex-motorista do empresário, e Luís Carlos Baptista Domingues, 45 anos, preso em 2000 por porte ilegal de armas.

A quadrilha foi presa em Cordovil com parte das joias roubadas. O bando teve a prisão temporária por 30 dias decretada pelo juiz Luiz Márcio Victor Alves Pereira, da 32ª Vara Criminal. O caso foi registrado na DRFC como extorsão mediante sequestro, formação de quadrilha e roubo qualificado. "Foi um trabalho de inteligência que permitiu a prisão da quadrilha", afirmou o delegado Deocélcio de Assis.

Empresário está fora da cidade
Casados há oito anos, Pedro Buarque de Hollanda e a atriz Mariana Ximenes não foram localizados ontem. Segundo a assessoria de imprensa da Conspiração Filmes, da qual ele é sócio, o empresário e produtor de cinema está de férias há uma semana fora do Rio de Janeiro. Mariana está no Rio ensaiando uma peça de teatro com o ator Guilherme Weber.

Amigos do casal não sabiam do assalto, mas revelaram que eles estariam separados há quase dois meses. "Mariana até se mudou do apartamento em que eles moravam", contou um amigo, que pediu para não se identificar. Em abril, a atriz já havia passado dois meses longe do marido filmando 'Quincas Berro D¿Água', em Salvador.

Produções de sucessos no cinema e TV
Pedro Buarque de Hollanda é sócio da Conspiração Filmes desde 1993. A empresa é uma das maiores do país na áreas de publicidade, videoclipe, cinema e televisão.

Um dos maiores êxitos da produtora foi o filme Dois filhos de Francisco: A história de Zezé di Camargo e Luciano (2005), que atraiu mais de 5 milhões de espectadores às salas de cinema.

Outros longas de sucessos foram Eu Tu Eles (2000), Redentor (2004) e Era uma vez (2008). A Conspiração assina musicais de Gilberto Gil, Milton Nascimento, Marisa Monte, Paralamas do Sucesso e Chico Buarque, entre outros.

O Dia O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade