2 eventos ao vivo

Mesmo foragida, suspeita de matar marido atualiza site na web

15 jun 2009
02h16
atualizado às 12h48

A suspeita de matar o marido a facadas na manhã de sábado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, está foragida, mas ainda acessa a internet para apagar recados em uma página de relacionamentos. Os investigadores trabalham com a hipótese de que Alessandra D'ávila, 35 anos, tenha esfaqueado o empresário Renato Biazoto, 52 anos, durante uma briga por ela ter acessado este site.

Segundo amigos da família, Alessandra manteve as mensagens de amigos que a confortavam e apagou as que a hostilizavam. Uma delas acusa a suspeita de ter deixado o ex-marido para se casar com Renato porque "a herança dele era maior".

O empresário chegou a ser padrinho do casamento anterior de Alessandra e depois passou a ter um relacionamento com ela. Amigos do casal disseram que Alessandra até fez um teste de DNA para saber se seu filho de 5 anos era de Renato ou do ex-marido.

Jornal do Brasil Jornal do Brasil
publicidade