Polícia

publicidade
09 de maio de 2013 • 16h35

Mãe mata filho a machadadas 2 anos após tentativa frustrada em MG

Mulher já havia sido presa por tentativa de homicídio e morava ao lado do casal que detinha a guarda provisória da criança

 

Uma mulher de 45 anos foi presa em flagrante na tarde de quarta-feira em Turmalina, a 480 quilômetros de Belo Horizonte (MG), após matar o próprio filho, de 6 anos, a machadadas. Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, a mulher já havia tentado matar a criança por enforcamento há dois anos. Na ocasião, ela foi presa e indiciada e, desde então, a guarda provisória da criança estava com um casal que morava ao lado da agressora.

Mesmo com a agressão sofrida há dois anos, a criança continuava convivendo com a mãe, "porque gostava muito dela e pedia para visitá-la com frequência", segundo a Polícia Civil. Na última quarta-feira, após voltar da escola, o menino disse à mãe adotiva que queria dar um presente à mãe biológica: um desenho feito durante uma das atividades escolares.

Diante dos apelos do menino, a vizinha permitiu que ele fosse ao encontro da mãe. Porém, ao se aproximar da casa da mãe - que, segundo relatos, sofre de distúrbios psiquiátricos -, foi recebido a golpes de machado, morrendo ainda no local.

Acionada, a Polícia Militar prendeu a mulher em flagrante. Segundo o relato do delegado Felipe Pontual, ela afirmou em depoimento que estava apenas "brincando" com a criança. Com sintomas de surto psicótico, a mãe foi medicada e encaminhada à Cadeia Pública de Capelinha, onde está em observação.

Terra Terra