0

Lotéricas não podem fazer bolões e são fiscalizadas, diz Caixa

23 fev 2010
17h17
atualizado às 23h54

A Caixa Econômica Federal informou nessa terça-feira que as lotéricas são proibidas de fazer bolões e que, para isso, realiza fiscalizações periódicas nos estabelecimentos credenciados. Segundo a assessoria, as visitas às lotéricas são feitas por consultores regionais que relatam as devidas irregularidades à gerência nacional da instituição.

Apostadores de Novo Hamburgo (RS) reivindicam o prêmio que não foi registrado
Apostadores de Novo Hamburgo (RS) reivindicam o prêmio que não foi registrado
Foto: NH Online / Especial para Terra

As irregularidades devidamente comprovadas são punidas de acordo com a sistemática de sanções administrativas, que incluem advertência, multa, suspensão e revogação compulsória da permissão.

Hoje, em nota, a Caixa afirmou que que o comprovante emitido pelo terminal de apostas é o único documento que habilita o recebimento de prêmios. Segundo a assessoria, todas as lotéricas são obrigadas a afixar em local visível ao público o cartaz intitulado "Proteja Seu Prêmio" (em anexo) que contém as informações necessárias para os apostadores realizarem suas apostas com segurança.

A licença de funcionamento da unidade lotérica Esquina da Sorte em Novo Hamburgo/RS está suspensa até o fim da apuração de denúncia de estelionato. "Caso se confirme a existência de irregularidade será aplicada a penalidade prevista nas normas internas, que podem ir de uma simples advertência até a revogação compulsória da permissão, de acordo com a gravidade do fato", afirma a Caixa.

Bilhete
A Caixa investiga um suposto bilhete premiado no valor de R$ 53 milhões, que um grupo de moradores de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, alega ter acertado num bolão.

Segundo a assessoria da Caixa, o órgão não tem conhecimento do suposto bilhete, uma vez que o prêmio foi acumulado para R$ 61 milhões, com sorteio marcado para a próxima quarta-feira.

Ainda de acordo com a assessoria, o grupo de moradores teria procurado a lotérica em que o bilhete foi comprado munidos apenas de cópias do mesmo, mas o suposto bilhete original não foi localizado e não tem registro.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade