0

Irmã de menina que caiu de janela passa mal em enterro

14 jul 2009
10h39
atualizado às 10h52

Daniel Gonçalves

Direto do Rio de Janeiro


A irmã mais velha da menina Rita de Cássia Rodrigues de Sena, 5 anos, - que morreu ao cair do quinto andar do prédio onde morava, em Tomás Coelho, no Rio de Janeiro, na noite de sábado - teve de ser retirada do velório da criança, que acontece nesta manhã no Cemitério de Irajá, zona norte do Rio de Janeiro. Ana Carolina, 18 anos, está grávida de oito meses e começou a ter contrações. Ela estava muito emocionada e foi amparada por parentes.

Os pais de Rita, a professora Fátima Rodrigues Edivirges Sena, 50 anos, e o contador Gilson Rodrigues de Sena, 51 anos, foram presos em flagrante logo após a morte da filha, mas liberados na segunda-feira. Eles devem responder pelo crime de abandono de incapaz.

Sozinha em casa, a menina caiu por uma tela de proteção que estava cortada na janela da área de serviço do apartamento em que vivia. Junto ao corpo foram encontrados pertences, como a mochila da menina arrumada com roupas e cadernos, ao lado das colchas, lençóis e o travesseiro de sua cama, brinquedos, uma chupeta e uma tesoura.

Terra

compartilhe

publicidade
publicidade